MENU PREM1UM
× QUEM SOMOS CATÁLOGO VINHOS REGIÕES PRODUTORES REPRESENTANTES NOTÍCIAS FALE CONOSCO

Facebook Instagram

Pegasus Bay Prima Donna 2006

PEGASUS BAY PRIMA DONNA
Tinto
––

PAÍS
Nova Zelândia

REGIÃO
North Canterbury (Ilha Sul)

PRODUTOR
Pegasus Bay

SAFRA

2006

UVAS

100% Pinot Noir

EncorpadoEncorpado.
Guardar pelo menos 3 anos Guardar pelo menos 3 anos.
Boa presença de madeiraBoa presença de madeira.

DEGUSTAÇÃO

Aromas e sabores complexos de frutas vermelhas, como amora e framboesa, além de pêssegos, cerejas e ameixas. Percebe-se ainda notas de carnes de caça assadas, bacon grelhado e cogumelos. No paladar, é concentrado e elegante, mantendo a leveza e a vivacidade. Com taninos aveludados, tem acidez natural agradável e um longo final.

DADOS TÉCNICOS

ELABORAÇÃO

Este vinho foi feito a partir de uma seleção das melhores barricas, dos vinhedos mais antigos. Para a elaboração deste vinho, foram empregadas técnicas tradicionais da Borgonha. Após a colheita, as uvas foram colocadas em tanques abertos, sendo 10% dos cachos mantidos inteiros. Esses tanques foram mantidos frios por 5-6 dias e então aquecidos gradualmente. Nesse estágio, a fermentação primária teve início pela ação das leveduras naturais, sendo feitas duas remontagens e rebaixamentos do chapéu manuais diárias. Esse processo foi executado de forma muito delicada para evitar a extração excessiva de taninos e durou de 4 a 6 dias da fermentação. Depois, seguiu-se um período de maceração pós-fermentação, durante o qual foram feitos rebaixamentos do chapéu uma vez ao dia. O tempo total nos tanques variou de acordo com a parcela, mas durou em torno de 3-4 semanas. O tempo de prensagem de cada tanque foi decidido por degustações diárias para verificação dos taninos. O vinho foi então colocado em barricas de carvalho francês, sendo 45% delas, novas. Com o aquecimento da adega no verão, houve uma fermentação malolática espontânea. O vinho passou 18 meses em barricas, sendo cada uma delas degustada antes do corte final para o engarrafamento.

COLHEITA

abril

TEOR ALCOÓLICO

13,5%

OUTROS VINHOS DESSE PRODUTOR


BRANCO
Madeira moderada Guardar ou Beber Corpo Médio Pegasus Bay Sauvignon/Sémillon 2009
Madeira moderada Guardar ou Beber Corpo Médio Pegasus Bay Sauvignon/Sémillon 2012
Sem madeira Guardar ou Beber Corpo Médio Pegasus Bay Bel Canto Dry Riesling 2009 esgotado
Sem madeira Guardar ou Beber Corpo Médio Pegasus Bay Riesling 2012

TINTO
Madeira moderada Guardar pelo menos 3 anos Corpo Médio Pegasus Bay Pinot Noir 2012

SOBREMESA
Sem madeira Guardar ou Beber Corpo Médio Pegasus Bay Riesling Aria 2008

North Canterbury (Ilha Sul),
Nova Zelândia.

Local
Pegasus Bay Prima Donna 2006

SAFRA
2006

UVAS

100% Pinot Noir

CARACTERÍSTICAS

Encorpado Encorpado.
Guardar pelo menos 3 anos Guardar pelo menos 3 anos.
Boa presença de madeira Boa presença de madeira.

628 Versão para impressão

PEGASUS BAY PRIMA DONNA
Tinto
––

PAÍS
Nova Zelândia

REGIÃO
North Canterbury (Ilha Sul)

PRODUTOR
Pegasus Bay

DADOS TÉCNICOS

TEOR ALCOÓLICO

13,5%

DEGUSTAÇÃO

Aromas e sabores complexos de frutas vermelhas, como amora e framboesa, além de pêssegos, cerejas e ameixas. Percebe-se ainda notas de carnes de caça assadas, bacon grelhado e cogumelos. No paladar, é concentrado e elegante, mantendo a leveza e a vivacidade. Com taninos aveludados, tem acidez natural agradável e um longo final.

ELABORAÇÃO

Este vinho foi feito a partir de uma seleção das melhores barricas, dos vinhedos mais antigos. Para a elaboração deste vinho, foram empregadas técnicas tradicionais da Borgonha. Após a colheita, as uvas foram colocadas em tanques abertos, sendo 10% dos cachos mantidos inteiros. Esses tanques foram mantidos frios por 5-6 dias e então aquecidos gradualmente. Nesse estágio, a fermentação primária teve início pela ação das leveduras naturais, sendo feitas duas remontagens e rebaixamentos do chapéu manuais diárias. Esse processo foi executado de forma muito delicada para evitar a extração excessiva de taninos e durou de 4 a 6 dias da fermentação. Depois, seguiu-se um período de maceração pós-fermentação, durante o qual foram feitos rebaixamentos do chapéu uma vez ao dia. O tempo total nos tanques variou de acordo com a parcela, mas durou em torno de 3-4 semanas. O tempo de prensagem de cada tanque foi decidido por degustações diárias para verificação dos taninos. O vinho foi então colocado em barricas de carvalho francês, sendo 45% delas, novas. Com o aquecimento da adega no verão, houve uma fermentação malolática espontânea. O vinho passou 18 meses em barricas, sendo cada uma delas degustada antes do corte final para o engarrafamento.

QUANDO BEBER

Este vinho complexo tem potencial de guarda de 8 a 12 anos.


Premium

BELO HORIZONTE - 31 3282 1588 - Rua Professor Estevâo Pinto, 351 - Serra - CEP 30220-060
SÃO PAULO - 11 2574 8303 - Rua Apinajés, 1718 - Sumaré - CEP 01258-000

Beba com Responsabilidade

Premium

BELO HORIZONTE
Rua Estevâo Pinto, 351
Serra - CEP 30220-060
31 3282 1588

SÃO PAULO
Rua Apinajés, 1718
Sumaré - CEP 01258-000
11 2574 8303