Premium Wines
Belo Horizonte - MG - 31 3282-1588
São Paulo - SP - 11 2574-8303

02-ago-17  MERCADO

Novidades de Bordeaux

O Château Bel Air Gloria Haut-Médoc Cru Borgeois e o Château Tastin Pauillac passam a integrar o portfólio da PREMI1UM

03-jul-17  MERCADO

A PREM1UM aposta no Jura

Recentemente, visitamos alguns produtores no Jura e descobrimos a vinícola Champ Divin do casal belga Valérie e Fabrice Closset-Gaziaux

MARQUIS D`ANGERVILLE

Borgonha
França
Guillaume d`Angerville

Guillaume d`Angerville

A Vinícola

Famoso por produzir os melhores vinhos de Volnay há séculos, esse Domaine está sob o comando de Guillaume d`Angerville, que deu sequência à filosofia do pai e do avô, a partir de 2003. Hoje, ele é auxiliado pelo cunhado, o engenheiro agrônomo Renaud de Villette, e pela equipe, que foi reforçada em 2005 por François Duvivier – enólogo diplomado pela Universidade de Dijon – que se juntou à vinícola com o objetivo principal de torná-la biodinâmica, o que aconteceu no ano seguinte. O Domaine possui 15 ha, sendo pouco mais de 11 ha em oito vinhedos Premier Cru em Volnay, incluindo o Clos des Ducs, seu vinhedo mais prestigioso – e monopole –, com 2,15 ha.

Proprietário

Guillaume d`Angerville e Renaud de Villette

Enólogo

François Duvivier

Vinhos

 

Tinto

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru 2008

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru 2009

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru 2010

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru 2011

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru 2012

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru 2013

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Champans 2008

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Champans 2009

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Champans 2011

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Champans 2012

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Champans 2013

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Clos des Ducs Monopole 2008

Corpo MédioGuardar pelo menos 3 anosMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Clos des Ducs Monopole 2011

Corpo MédioGuardar pelo menos 3 anosMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Clos des Ducs Monopole 2013

Corpo MédioGuardar pelo menos 3 anosMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Clos des Ducs Monopole - Magnum 2012

Corpo MédioGuardar pelo menos 3 anosMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Fremiet 2007

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Fremiet 2008

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Fremiet 2009

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Fremiet 2010

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Fremiet 2011

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Marquis d’Angerville Volnay 1er Cru Fremiet 2013

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

Site

Site www.domainedangerville.fr

HISTÓRIA

O Domaine Marquis d`Angerville é, praticamente, a mesma propriedade descrita como Clos des Ducs no ato do ofício real de 1507. Em 1804, o barão de Mesnil, vice-prefeito de Autun, adquiriu essa propriedade, situada em Vollenay, Côte d’Or, no coração de Beaune. A propriedade manteve parcelas de vinhedos, que, no século 12, se integravam ao célebre conjunto de vinhedos dos duques de Bourgogne (Taillepieds, Caillerets e Champans).

Na segunda metade do século 19, o domaine estava em mãos de Eugène de Mesnil, filho do barão. Sem herdeiros diretos, ele deixa a propriedade para seu sobrinho e afilhado, Sem, marquês de Angerville, que tinha 15 anos na ocasião de sua morte, em 1888. Apenas em 1906 Sem assume o Domaine, reconstruindo vinhedos com ótimas plantas de Pinot Noir e buscando auntenticidade em seus vinhos, se opondo ferozmente às práticas dos négociants de Beaune, que em represália não vendem seus vinhos. Ele parte, então, para a venda direta, abrindo inclusive vendas para os Estados Unidos. A partir de 1952, ano de sua morte, seu filho Jacques assume a direção, tornando-se também embaixador da cidade de Volnay e presidente do Comité Interprofessionnel des Vins de Bourgogne. Jacques d’Angerville foi eleito pelo guia Bettane & Desseauve “o maior produtor da Borgonha no século 20” e produziu 52 safras até 2003, quando seu filho, Guillaume d’Angerville, se torna o regente desse histórico Domaine. Guillaume deu sequência à filosofia e ao trabalho do pai e do avô, auxiliado pelo cunhado, o engenheiro agrônomo Renaud de Villette. A equipe foi reforçada a partir de 2003 e, em 2005, François Duvivier – enólogo diplomado na Universidade de Dijon, juntou-se à vinícola com o objetivo principal de torná-la biodinâmica, o que aconteceu no ano seguinte.

Clos des Ducs, vinhedo monopole do Domaine Marquis d`Angerville

Clos des Ducs, vinhedo monopole do Domaine Marquis d`Angerville

VINHEDOS

Os vinhedos estão sob solo argilo-calcário, expostos de modo ideal para o sudeste. O desnível acentuado facilita a drenagem e evita o excesso de umidade. O tipo de solo retém o calor do sol, o que favorece a maturação das uvas. Aqui tudo se guia pelo princípio da conservação ambiental, da utilização moderada dos recursos naturais, do equilíbrio biológico e do tratamento natural das videiras. Desde 2006, a propriedade converteu-se a biodinâmica, segundo os conceitos de Rudolph Steiner, seguindo o calendário lunar. Graças aos clones de alta qualidade e vinhas antigas, o rendimento dos vinhedos é baixo, com cerca de 3.500 litros por hectare. Sem e Jacques d`Angerville dedicaram muito tempo à seleção das melhores plantas de Pinot Noir, culminando esse processo de seleção qualitativa a um clone tão particularmente fino e de baixa produção que o denominaram Pinot d`Angerville.

Vinhas antigas no Domaine Marquis d`Angerville

Vinhas antigas no Domaine Marquis d`Angerville

A PRODUÇÃO

A colheita é manual, com verificação precisa da maturação das uvas. Os cachos são transportados em pequenas caixas, minuciosamente selecionados e desengaçados sem danos aos frutos. A fermentação ocorre naturalmente, graças às leveduras naturais presentes nas películas das uvas, após um curto período de maceração pré-fermentação a frio. De um modo geral, a fermentação dura cerca de 15 dias, com progressiva elevação de temperatura, sem exceder 30-32 ºC. Ao final, o mosto é prensado delicadamente e o vinho desce por gravidade para as barricas de carvalho nas caves do sub-solo. A proporção de barricas novas é ajustada a cada safra, mantendo uma média de 20%. A maturação dura de 15 a 18 meses e a fermentação malolática ocorre, geralmente, entre a primavera e o verão. O vinho é então trasfegado, mesclado e recolocado nas barricas para o restante da maturação. Algumas semanas antes do engarrafamento, os vinhos são mesclados em grandes tanques, sem uso de bombeamento. Filtração e colagem só são utilizados em casos de extrema necessidade, sempre em uma pequena parte dos volumes totais.

 

Beba com responsabilidade. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos. Se beber, não dirija.      © 2017 Premium Wines

gerenciarte