Premium Wines
Belo Horizonte - MG - 31 3282-1588
São Paulo - SP - 11 2574-8303

STONYRIDGE VINEYARD

Waiheke Island (Ilha Norte)
Nova Zelândia
A sede da Stonyridge e acesso para o restaurante

A sede da Stonyridge e acesso para o restaurante

A Vinícola

A Stonyridge é famosa pela produção daquele que é considerado o cult wine da Nova Zelândia – o Stonyridge Larose –, um magnífico corte bordalês do nível dos melhores grands crus classés do Médoc, todo vendido en primeur para uma lista de compradores previamente selecionados. Por trás de sua criação está o irrequieto Stephen White, que reconheceu em Waiheke as condições ideais para produzir tintos ao estilo de Bordeaux. É um magnífico corte bordalês, do nível dos melhores crus classés do Médoc.

Stonyridge Vineyard foi fundada em 1982.

Proprietário

Stephen White

Enólogo

Stephen White

Vinhos

 

Tinto

Stonyridge Faithfull 2010

Corpo MédioGuardar ou BeberMadeira moderada

 

Stonyridge Larose 2001

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose 2002

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose 2003

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose 2004

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose 2005

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose 2006

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose 2007

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose 2008

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose 2010

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Larose Magnum 2010

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

 

Stonyridge Luna Negra Malbec 2009

EncorpadoGuardar pelo menos 3 anosBoa presença de madeira

Site

Site www.stonyridge.com

Vinícola

“Produzir uvas é uma arte e não simplesmente agricultura. Cultivamos para obter sabores. O tempo gasto nos vinhedos é absurdo, mas o resultado é compensador”, diz Stephen White, proprietário, viticultor e enólogo. Stephen foi o segundo viticultor a plantar na ilha de Waiheke, em 1982, e esta região se tornou a mais prestigiosa da Nova Zelândia para tintos baseados em Cabernet Sauvignon.

A vinícola usufrui de reputação inigualável naquele país e é a única a vender toda sua produção “en primeur” (antes do engarrafamento) todos os anos, e seu vinho atinge os preços mais altos entre os tintos neozelandeses. A vinícola tem estilo mediterrâneo e lá são cultivados também oliveiras, sobreiros, lavanda, alecrim, tomilho e outras ervas que também contribuem - segundo Stephen - para a complexidade de sabores do seus vinhos. Seus cuidados abrangem os mínimos detalhes, incluindo manejo orgânico dos vinhedos e rendimentos baixos (5 t/ha).

Vinhedos da Stonyridge

Vinhedos da Stonyridge

História

A vinícola Stonyridge é resultado do sonho do Dr. Stephen White PhD, MBA, OBE. Após sua graduação no Kings College, Stephen se diplomou em Horticultura no Lincoln College, Canterbury University. Uma grande influência em sua educação foi o palestrante em Viticultura e Enologia, Dr. David Jackson. Em 1981, Stephen retornou à Nova Zelândia após participar da regata Whitbread (Volta ao Mundo), integrar equipes de iatismo no Mediterrâneo e no Caribe e trabalhar em vinícolas na Califórnia e Itália. Foi durante essa aventura de 3 anos que Stephen se apaixonou pela cultura e estilo de vida do Mediterrâneo e pelos grandes vinhos da França, Toscana e Califórnia. Sua missão então se tornou encontrar uma localidade na Nova Zelândia onde as variedades de uvas de Bordeaux pudessem amadurecer com perfeição. Após extensivas pesquisas climáticas ele descobriu que o local ideal estava debaixo de seu nariz, em Waiheke Island. Como um Aucklander de quinta geração com um tio e tia fazendeiros na ilha, e como um amante das ilhas pelo mundo, Waiheke foi seu destino.

Infelizmente ninguém compartilhou de seu entusiasmo: o Rural Bank e o Ministério da Agricultura recusaram o projeto. Finalmente o mundialmente renomado Dr. Richard Smart foi indicado para encabeçar a viticultura no governo, e quando ele deu seu suporte à vinicultura em Waiheke, o banco seguiu em frente. As primeiras videiras bordalesas e oliveiras foram plantadas em 1982, com a ajuda de amigos próximos e da família. Uma sólida amizade se formou com Kim e Jeanette Goldwater, que eram também pioneiros em vinhedos e vinicultura. Foi por meio dos Goldwater que Stephen conheceu o Dr. John McLeod, que se associou a ele como vinicultor de 1984 a 1988. Em 1984 Stephen retornou a Bordeaux para um período final de treinamento e completou a safra no Château d`Angludet, Cantenac-Margaux sob a orientação de Peter Sichel. Stephen e John produziram sua primeira safra em Stonyridge em 1985. Dois anos depois, eles fizeram o grande Larose 1987 que lançou a Stonyridge para a fama nacional - um vinho aclamado como o melhor vinho tinto já produzido na Nova Zelândia.

Produção e Inovação

A Stonyridge é uma pequena vinícola com área total de 6 ha, plantados com as 5 variedades bordalesas. O vinhedo Stonyridge foi concebido e manejado com a única intenção de produzir tintos de classe mundial no estilo Bordeaux. A localização do vinhedo foi escolhida especificamente para produzir esse estilo de vinho. As colinas suaves orientadas ao norte são protegidas dos ventos frios de sudoeste pela elevação que dá nome à vinícola.

As temperaturas no verão normalmente atingem 30 ºC com máxima de 36ºC. Combinado com as fileiras orientadas ao norte e a excelente viticultura, as uvas atingem maturação perfeita nos anos normais. A produtividade típica é baixa, 2000 l/ha. A Stonyridge tem vários créditos de pioneirismo:

Primeira a reconhecer o clima de Waiheke como ideal para tintos no estilo de Bordeaux e se estabelecer em Waiheke com a intenção de produzir grandes tintos. Primeiro vinicultor da Nova Zelândia com terras orientadas ao norte, e a plantar rosas na cabeça de cada fileira e saber a razão.

Primeiro vinicultor da Nova Zelândia a fazer um vinho com o quarteto de Bordeaux (Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Fanc e Malbec) e o quinteto (adicionando Petit Verdot).

Primeiro vinicultor da Nova Zelândia a fazer um vinho no padrão do Rhône (Grenache, Syrah, Mourvèdre). Primeiro vinicultor da Nova Zelândia a usar exclusivamente barricas e um dos primeiros a ter uma cave subterrânea de barricas. Primeira vinícola a ter um segundo rótulo para proteger a qualidade do primeiro e a primeira a vender ``en primeur``. Primeira a plantar um olival comercial e uma floresta de sobreiros (cortiça).

 

Beba com responsabilidade. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos. Se beber, não dirija.      © 2017 Premium Wines

gerenciarte